Os Indígenas no Censo Demográfico Brasileiro

Os Indígenas no Censo Demográfico Brasileiro

A partir das informações coletadas pelo Censo 2010, o IBGE elaborou um breve conjunto de mapas e tabelas mostrando a distribuição espacial das 896 mil pessoas que se declararam ou se consideraram indígenas e, ainda, enumerando as 305 etnias encontradas pelos recenseadores em 2010. Também foram listadas as mais de duzentas línguas faladas nas terras indígenas. Fruto de uma parceria entre o IBGE e a FUNAI, a publicação “O Brasil Indígena” será distribuída às unidades destes dois órgãos, em todo o país, e também estará disponível na internet. Os mapas e tabelas da publicação mostram, por exemplo, que 36,2% das pessoas que se declararam indígenas viviam nas cidades e os outros 63,8%, em áreas rurais. Dentre estes últimos, 517 mil (ou 57,7% do total) moravam em terras oficialmente reconhecidas como indígenas.

Entre as inovações apresentadas pelo Censo Demográfico 2010 estava um conjunto de perguntas específicas para as pessoas que se declararam ou se consideraram indígenas: elas puderam informar o povo ou etnia a que pertenciam e as línguas indígenas que falavam. Além disso, o Censo pode informar se os seus domicílios estavam dentro ou fora de terras indígenas já reconhecidas pelo governo federal.

Ao longo do ano passado, os resultados do Censo 2010 relativos aos indígenas foram divulgados em duas oportunidades. Primeiramente, em 18/04, saíram os dados sobre a distribuição dos indígenas pelos municípios do país 1. Em seguida, em 10/08, uma divulgação mais detalhada incluiu a distribuição espacial e listou as etnias encontradas pelos recenseadores 2. A publicação O Brasil Indígena sintetiza o que foi divulgado pelo IBGE nessas duas ocasiões. Sua versão em PDF, acompanhado de outras informações sobre a população indígena nos Censos Demográficos do IBGE, também está disponível em http://indigenas.ibge.gov.br/.

Em 2000, a população que se declarava indígena aumentou substancialmente em relação a 1991, mas em 2010 ela se manteve em patamares similares a 2000. A publicação traz tabelas com o percentual de indígenas vivendo em áreas urbanas (36,2%), que é bem inferior ao observado no conjunto da população brasileira (84,4%).

 

PENSE, PESQUISE E RESPONDA:

10 – Observe e analise atentamente os gráficos e tabelas a seguir para resolver as questões.

A) Qual a situação do domicílio da população indígena no Brasil? Podemos afirmar que é uma população urbana, que acompanhou a modernização do território brasileiro? Justifique a sua resposta.

 

B) Qual é a situação atual da população indígena no que diz respeito ao sexo e a faixa etária? Existem alguma diferença nessa situação entre áreas de terras indígenas e áreas fora de terras indígenas? Quais?

 

C) Com relação a língua indígena, o que o IBGE constatou através do censo demográfico entre as populações indígenas brasileiras? Existe alguma diferença nesta situação entre áreas de terras indígenas e áreas fora de terras indígenas? Quais?

 

D) Acesse o endereço a seguir e pesquise sobre mais informações do censo demográfico do IBGE sobre as populações indígenas: http://goo.gl/G4e80x. Com base nele, responda as perguntas abaixo:

  • Qual a quantidade da população indígena no Brasil atual, quantas etnias e idiomas existem?

  • Podemos afirmar que a população indígena em 2010 é uma população jovem? Por quê?

  • No censo demográfico, o que o IBGE informa sobre o nível de alfabetização da população indígena?

 

Esta seção foi baseada nas informações contidas no Censo Demográfico do IBGE (Populações Indígenas), de 2010, bem como em outras publicações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A publicação pode ser consultada no endereço eletrônico: http://www.ibge.gov.br/indigenas/indigena_censo2010.pdf.