Projeto Cartola e a Cidade

21/03/2013 10:41

Cartola e a cidade

 

O sambista Cartola foi um artista que marcou a música popular brasileira e carioca. Com seus sambas, não só falava sobre o amor, as mulheres e Deus, mas também marcava sua identidade ligada à favela e escola de samba da Mangueira.

Tudo isso pode ser visto no livro adotado pela equipe de Língua Portuguesa chamado Cartola, da série Mestres da Música no Brasil, de Monica Carvalho. O livro não só conta a trajetória de vida deste sambista como também faz um panorama da realidade social da cidade e do sambista em diferentes momentos históricos.

Com base na leitura e interpretação do livro mencionado acima, vamos fazer uma leitura geográfica da história de vida do sambista Cartola. Abaixo, segue as orientações.

 

Em grupos de até quatro alunos, faça as tarefas descritas abaixo:

 

1 – Durante as aulas de geografia, a turma estudou a questão do trabalho infantil no Brasil. Pesquise mais sobre os conteúdos relativos ao tema e busque no livro um trecho que apresente uma situação de trabalho infantil que envolveu o personagem Cartola. Justifique a sua escolha.

 

2 – Em um trecho do livro, a autora informa que o pai de Cartola era analfabeto e que Cartola não era um exímio estudante, apesar de ser elogiado pelas suas professoras. A situação da Educação do Brasil nas primeiras décadas do século XX não era das melhores. Naquela época, a educação não era universal, nem todos conseguiam estudar. Pensando nisso, pesquise no livro de Geografia e escreva sobre a situação da Educação no Brasil atualmente.

 

3 – O espaço geográfico é constituído por diferentes manifestações culturais. Tais manifestações são diversas, podendo ser artísticas, religiosas, cheias de costumes. No livro, a autora destaca o gosto de Cartola pelos Ranchos. Com base no livro, escreva sobre o que são os ranchos e qual a ligação deles com o Cartola.

 

4 – O sambista Cartola nasceu no bairro do Catete, porém, construiu sua identidade com a favela da Mangueira, onde conseguiu reconhecimento na comunidade e na cidade do Rio de Janeiro. Como foi a construção dessa identidade cultural com a favela da Mangueira?

 

5 – Cartola e outros sambistas famosos da Mangueira possuem o estilo musical de descrever as paisagens de onde moram. Um destes sambistas chama-se Nelson Sargento, amigo e antigo parceiro de Cartola, que possui uma belíssima música denominada “Encanto da Paisagem”. Pensando nisso, analise as músicas abaixo e escreva como a paisagem da Mangueira é descrita pelos sambistas.

 

Exaltação à Mangueira, de Jamelão

 

A Mangueira não morreu nem morrerá

Isso não acontecerá

Tem seu nome na história

Mangueira tu és um cenário coberto de glória"

 

Mangueira teu cenário é uma beleza

Que a natureza criou

O morro com seus barracões de zinco

Quando amanhece que esplendor

 

Todo mundo te conhece ao longe

Pelo som dos seus tamborins

E o rufar do seu tambor

 

Chegou ô, ô, ô, ô

A Mangueira chegou, ô, ô

 

Mangueira teu passado de glória

Está gravado na história

É verde e rosa a cor da tua bandeira

Prá mostrar a essa gente

Que o samba é lá em Mangueira

 

Mangueira teu cenário é uma beleza

Que a natureza criou

O morro com seus barracões de zinco

Quando amanhece que esplendor

 

Todo mundo te conhece ao longe

Pelo som dos seus tamborins

E o rufar do seu tambor

 

Chegou ô, ô, ô, ô

A Mangueira chegou, ô, ô

Disponível em: http://letras.mus.br/jamelao/594865/

 

Encanto da Paisagem, de Nelson Sargento

Morro, és o encanto da paisagem

Suntuoso personagem de rudimentar beleza

Morro, progresso lento e primário

És imponente no cenário

Inspiração da natureza

Na topografia da cidade

Com toda simplicidade, és chamado de elevação

Vielas, becos e buracos

Choupanas, tendinhas, barracos

Sem discriminação

 

Morro, pés descalços na ladeira

Lata d'água na cabeça

Vida rude alvissareira

Crianças sem futuro e sem escola

Se não der sorte na bola

Vai sofrer a vida inteira

Morro, o teu samba foi minado

Ficou tão sofisticado, já não é tradicional

 

Morro, és lindo quando o sol desponta

E as mazelas vão por conta do desajuste social

 

Disponível em: http://letras.mus.br/nelson-sargento/1922162/

 

 

5 – Diversos lugares da cidade do Rio de Janeiro são citados na história de vida do Cartola relatada pela pesquisadora Monica Ramalho. Central do Brasil, Mangueira, Catete, Laranjeiras e outros lugares fazem parte da história deste excelente sambista. Pensando nisso, cada grupo escolherá um dos lugares listados abaixo e produzirá um painel ilustrativo ou maquete da paisagem geográfica do lugar escolhido. Solicite-se que o painel ou maquete seja feito com esses materiais: papelão, garrafa PET, recortes de revistas e jornais, tintas, lápis de cera, isopor e outros materiais reutilizados.

Orientações: Pesquise sobre os lugares e suas respectivas características da paisagem; procure fotografias dos lugares; utilize as informações contidas no livro.

 

Paisagem 1: Favela da Mangueira e a escola de samba

Paisagem 2: Central do Brasil e os trens

Paisagem 3: Vila de operários da Fábrica Aliança, nas Laranjeiras, local de residência do Cartola durante a infância.

Paisagem 4: O Bar Refeição Caseira Ltda, ou também chamado de ZiCartola, situado na rua da Carioca.

Paisagem 5: Centro Cultural Cartola, na rua Visconde de Niterói, na Mangueira.

 

Atenção!

- Não serão aceitos trabalhos fora do prazo de entrega.

- Os grupos deverão estar organizados e prezar pelo capricho nos trabalhos (será avaliado).

- É obrigatório o uso dos materiais indicados para a produção dos painéis ou maquetes.

- É apenas um trabalho por grupo. Ou seja, cada grupo escolherá uma paisagem e fará uma maquete ou painel.

- Este trabalho será parte da avaliação do segundo bimestre.

- A parte escrita do trabalho poderá ser entregue em formato digitado e impresso ou manuscrito em folha de papel almaço ou em meio digital enviado como documento em anexo para o email: geografopedro@gmail.com